Visualização de vídeos

Os vídeos e músicas postados neste espaço podem não ser visualizados em versões mais recentes do Internet Explorer, sugiro a utilização do Google Crome, mais leve e rápido, podendo ser baixado aqui.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

O PT e a ética Lulista

Complementando meu post "O que todos nós pensamos", transcrevo o último parágrafo da "Crônica da Semana" do Nelson Motta desta sexta-feira, 28/08, onde ele cita nosso ex-paladino da ética e da consciência moral de nosso país, o futuro ex-senador Aloísio Mercadante.
Como é que um homem com sua história se verga às conveniências espúrias de seu cacique? Que força maior o leva a compactuar com toda esta farsa, abdicando de seu passado? Porque salvar José Sarney, qual a importância deste homem para a história de nosso país, a não ser para ilustrar as piores maneiras de usurpar da riqueza pública?
Que tenhamos memória e lucidez na hora de votar.

"Mas nós amamos tanto o amarelo, símbolo do ouro na nossa bandeira e na camisa da seleção, que o usamos até para mostrar desprezo. Se falta coragem a alguém em um momento decisivo, diz-se que amarelou. Como o senador Mercadante, que para não ficar vermelho por cinco minutos vai ficar amarelo o resto da vida." Nelson Motta 28/08/2009.

sábado, 22 de agosto de 2009

Michael Jackson e o espelho

Michel Jackson - Man in the Mirror

Este era um assunto que já tinha esquecido, mas a notícia de mais uma bizarrice da família do cantor me fez pensar sobre sua figura e influência em seus fãs.
Porque um ídolo mundial esta previamente absolvido de seus crimes, o que o fez pensar que o roubo da infância e da inocência de uma criança pode ser corrigido com dinheiro.
Várias pessoas me disseram que os casos a que ele respondeu nos tribunais, e depois tiveram as queixas retiradas, teriam sido chantagem, ora, só é chantageado e cede a elas,é quem cometeu alguma falta e não quer vê-las expostas.
Nunca dei muita importância à mudança de cor e fisionomia, até sua morte, então pensei que a pessoa só se desfigura quando não consegue se ver no espelho.
O que é que MJ via? Talvez o monstro dentro dele, o ser humano abominável, com graves distorções emocionais, que o levavam às atitudes condenáveis.
Pensava ele que mudando suas feições deixaria de ver a estranha criatura que vivia dentro dele? Não funcionou, pois sua alma é que era doente, e as várias operações plásticas não mudaram isto.
O desejo de não crescer, Síndrome de Peter Pan, era simplesmente o medo de ter que assumir a responsabilidade por seus atos.
Admiro a obra, deploro o artista. Que ele seja lembrado somente por suas músicas.