Visualização de vídeos

Os vídeos e músicas postados neste espaço podem não ser visualizados em versões mais recentes do Internet Explorer, sugiro a utilização do Google Crome, mais leve e rápido, podendo ser baixado aqui.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

AUDÁCIA CONCRETA: AS COLAGENS DE LUIZ SACILOTTO

Esta é umas das belas mostras que estão acontecendo na Caixa Cultural neste mês, de um artista que já conhecia, e que gosto imensamente, nos traz a última fase da carreira do artista, as colagens, que foram utilizadas em função das limitações da idade.

Como me agrada a arte concreta, por ser aparentemente fácil de se fazer, ela contém um complexidade que aguça nossa curiosidade, e nos alegra os sentidos com os efeitos visuais que nos causam.

Luiz Sacilotto consegue extrair sensações espaciais em figuras planas, quase sempre feitas de ângulos retos, que nos seus arranjos adquirem volume, vide a última gravura abaixo.

Para acompanhar o comentário uma colagem musical de Caetano e Gil, do disco Tropicália 2.



Rap Popcreto - Caetano Veloso e Gilberto Gil


Abaixo das imagens, o "press-release", fornecidos pela assessoria de imprensa da Caixa Cultural.







CAIXA CULTURAL SP APRESENTA A MOSTRA “AUDÁCIA CONCRETA: AS COLAGENS DE LUIZ SACILOTTO”
Essa exposição inédita traz obras e um documentário do artista que retrata os seus últimos anos de vida
A exposição “Audácia Concreta: As Colagens de Luiz Sacilotto” que inaugurará no dia 26 de maio ficará aberta ao público até o dia 29 de julho de 2012, na CAIXA Cultural São Paulo. Em seus anos finais, Sacilotto procurou nas colagens a técnica para vencer as limitações motoras impostas pela idade e pela saúde frágil. Dessa experiência surgiu a série de 20 colagens que agora, pela primeira vez, são expostas ao público no centro da capital paulista gratuitamente.
Com curadoria da jornalista e artista Fernanda Lopes, a mostra ainda inclui uma série de 11 serigrafias, que ampliam a percepção da obra de Sacilotto e a põe em perspectiva temporal.
Completam a exposição 5 estudos realizados pelo artista e de fundamental importância para a compreensão de suas técnicas e seu processo criativo.
Ao final, o visitante poderá assistir a um documentário produzido pela SESC TV e que se tornou um dos últimos registros do artista em vida.
Sobre o artista:
Luiz Sacilotto (1924-2003), nascido em Santo André, no ABC Paulista, foi um dos artistas mais significativos do Concretismo, movimento artístico de importância lapidar no Brasil, marco da ruptura com os modernismos que se estendiam desde as primeiras décadas do século XX.
Formado em “artes e ofícios”, Sacilotto iniciou sua vida profissional como desenhista industrial nas empresas da região, trajetória comum a tantos rapazes de sua geração, filhos de imigrantes e herdeiros de uma longa tradição de origem européia na qual artesão, artista e artífice se misturam dentro da mesma alma. Do contato com o universo industrial e com as linguagens visuais produzidas pelas cidades fabris (e “febris” como escreveu Sidney Chalhoub), Sacilotto deu início a uma segunda “pele”, uma segunda vivência, a de artista. Os primeiros anos de produção, na década de 1940, de caráter figurativa, deu lugar a produção concretista, que teve na mostra Ruptura de 1952 no MAM seu momento chave. Foi como peça chave do movimento que Sacilotto se consolidou e que sua obra amadureceu.
Participou de inúmeras mostras como as Bienais de 1951, 53, 55, 57, 61e 67; da Bienal de Veneza em 1952, da Exposição Nacional de Arte Concreta em São Paulo em 1956 e no Rio de Janeiro em 1957, na Konkrete Kunst (exposição nacional de arte concreta em Zurique) em 1960. No decorrer de sua longa carreira deixou uma vasta e sólida obra que hoje compõe acervos de instituições importantíssimas pelo mundo a fora.
O projeto é uma produção da Conceito Humanidades, com realização da CAIXA Cultural São Paulo e patrocínio da CAIXA e Governo Federal.
SERVIÇO:
Exposição Audácia Concreta: As Colagens de Luiz Sacilotto

Abertura para convidados e imprensa: dia 26 de maio, sábado, às 11 h
Visitação: de 26 de maio a 29 de julho de 2012
Horário de visitação: de terça-feira a domingo, das 9h às 21h.
Local: CAIXA Cultural São Paulo (Sé) - Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo/SP
Informações, agendamento de visitas mediadas e translado (ônibus) para escolas públicas: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Entrada: franca
Recomendação etária: livre
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Um comentário:

  1. Uma coisa é fato, o visual é realmente interessante! Muito legal!

    ResponderExcluir